Doença do carrapato

Carrapato-transmissor-da-Doença-de-LymeEsta é uma das patologias mais comuns nos cães e a incidência vem aumentado devido ao parasita ser transmitido através da picada do carrapato. Os carrapatos que antes eram restritos a animais de rua e da zona rural são vistos com regularidade em grandes centros urbanos e até mesmo em animais que vivem em apartamentos. O seu cãozinho pode pegar carrapatos passeando pela rua, em pracinhas, no condomínio ou indo ao PetShop.

Quais são os sintomas?

Existem duas doenças que são transmitidas pela picada do carrapato, a babesiose e a erliquiose. São doenças comuns durante o verão, uma vez que o carrapato precisa de calor e umidade para se reproduzir.

Os sintomas são variados e podem ser confundidos com diversas outras doenças, um cão pode apresentar as duas patologias simultaneamente ou acompanhada por outras (vírus, bactérias). Por isso é importante que o veterinário diagnostique corretamente por meio de exames sanguíneos (hemograma e pesquisa do parasita). Os sintomas mais comuns são prostração, apatia, falta de apetite ou diminuição da mesma, diarreia, vômitos e febre; a erliquiose pode causar ainda hemorragias nasais e petéquias avermelhadas pelo corpo. Saber identificar os sintomas da doença desde cedo pode ajudar no tratamento do seu amigo pois geralmente os donos só se dão conta e procuram socorro veterinário quando a doença já está bem avançada.

bichinhos precisam de lar 01Encontrei um carrapato no meu cãozinho, o que devo fazer?

Observe o seu cãozinho durante 3 a 4 dias. Veja se mudou o comportamento, isola-se, apresenta cansaço fácil, tem febre e se a mucosa dos olhos estão pálidas.

Nestes casos leve-o a um veterinário imediatamente, quanto mais cedo a doença for diagnosticada maiores são as chances de sucesso no tratamento. A sua rapidez pode ser a diferença entre uma consulta simples com indicação de medicamentos ou uma internação que dure mais de 5 dias.

Existe tratamento?

Existe sim. O tratamento é diferente para cada patologia, mesmo quando estão associadas. O veterinário saberá de acordo com os exames qual a medicação de escolha para o paciente.

O tratamento é efeito a base de antibióticos específicos e piroplasmicidas (babesicidas) capazes de destruir o parasita. Pode ser necessário complementar o tratamento do animal com fluidoterapias ou transfusões sanguíneas.

Nunca medique um animal por conta própria! Existem doses específicas e período de tratamento para cada caso! Apenas o Veterinário está apto para diagnosticar e prescrever tratamentos!

O que fazer para prevenir?

A melhor forma de evitar que o seu cãozinho desenvolva a doença do carrapato é controlando o vetor da doença, ou seja, o carrapato.

- Verifique a presença de carrapatos no seu cãozinho com frequência;

- Uso de carrapaticidas no animal (sprays, spot-on e coleiras) mesmo que você não veja carrapatos frequentes no cão;

- Fazer manutenção de jardins e dedetização em ambientes amplos ou que já estejam com presença de carrapatos;

- Desinfetar o ambiente onde o animal vive periodicamente;

- Estar atento aos hotéis para cãozinhos e petshops; escolha petshops que se preocupem com a presença de carrapatos no seu animal, muitas das vezes irão indicar o melhor produto para prevenção de carrapatos;

- Converse com o seu veterinário de confiança; existem protocolos em casos mais específicos e ele irá indicar o melhor para o seu cãozinho!

Tem dúvidas ou o seu cãozinho está apresentando os sintomas descritos acima? Nós podemos ajudar! Deixe uma mensagem ou ligue para 3236-1953 e converse com um dos nossos veterinários.

thumbnail
Sobre a TDB

Paixão pelos animais e bem estar ao seu mascote. A Veterinária Toca dos Bichos conta com a atenção de um grupo de veterinários capacitados nas diversas áreas da Medicina Veterinária, oferecendo ao cliente um serviço mais profissional e de qualidade. Trabalhamos com Clínica Geral, Dermatologia, internações, exames, Odontologia, Cirurgias com anestesia inalatória. Em nosso espaço de Estética Canina temos o serviço de banho normal, hidratação, banhos terapêuticos e corte de unhas. Encontrará ainda vendas de medicamentos, rações e brinquedos. Tudo o que há de bom para o seu amigo!!!

4 comentários

  1. Prabéns pelo artigo! Esta muito esclarecedor.
    Minha cadela foi picada por um carrapato e teve erliquiose, levei ao veterinario e não deu outra estava contaminada, tratamos com os medicamentos certos e a recuperação foi muito rápida, graças a Deus minha Mel esta curada.
    É importante verificar depois dos passeios se o animal tem carrapatos.
    Ficar atento a todos os sinais e fundamental.

    ResponderExcluir
  2. Vcs são Feras...

    ResponderExcluir
  3. olá, prox da minha chacara apareceu uma cadelinha, numa estrada rural, sangrando mto pelas orelhas, tentei pega-la mas ela não deixou, estou alimentando-a com pequenos pedaços de carne, não consegui ainda conquistar sua amizade ao ponto de coloca-la no carro, mas preciso ajuda-la com alguma medicação, vcs podem me sugerir algum medicamento, ela é de medio porte.... no aguardo, Regina

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os sintomas que você está dizendo que a cachorrinha tem parece ser de calazar, o ideal é que ela faça o exame para se ter certeza

      Excluir